O Brasiliense é o campeão da Copa Verde 2020! O Jacaré foi derrotado pelo Remo nesta quarta-feira, no Mangueirão, por 2 a 1, resultado que empatou o confronto no placar agregado. Nas cobranças de pênaltis, o Esquadrão Amarelo levou a melhor e garantiu o segundo título da competição ao Distrito Federal, o primeiro do clube. Os gols da partida foram marcados por Fredson e Rafael Jansen (Remo) e Zé Love (Brasiliense).

PRIMEIRO TEMPO

Depois de um começo de jogo truncado, Remo dominou a etapa até o intervalo. Correndo atrás do resultado, o Leão jogou no campo adversário, rondou a área do Brasiliense e pressionou o time do DF durante a maior parte do tempo. Hélio quase marcou aos 10 e Gedoz levou muito perigo aos 18, cobrando falta. O placar foi inaugurado aos 25, quando o camisa 10 levantou na área e Fredson cabeceou livre de marcação: 1 a 0. O time paraense seguiu melhor em campo e criou mais quatro chances de ampliar a vantagem, enquanto o Jacaré mal conseguia pisar na área adversária. A primeira finalização da equipe só ocorreu aos 42, com Zé Love.

SEGUNDO TEMPO

O Brasiliense voltou mais ligado do intervalo. A nova postura levou ao gol de empate de Zé Love logo aos 4 minutos. O Remo demorou para reestabelecer na partida e a expulsão de Wagner Balotelli, aos 14, foi a brecha que o clube paraense precisava. O gol de empate saiu na própria falta que levou a expulsão do lateral. Gedoz alçou na área e Rafael Jansen colocou o Leão na frente novamente. Com um a menos dem campo, o técnico Vilson Tadeu mexeu na equipe para reforçar a defesa e forçar a ida para a disputa por pênaltis. Os azulinos pressionaram bastante, perderam algumas boas chances e não conseguiram mais furar o bloqueio Amarelo.

O título da Copa Verde garante ao Brasiliense entrar na Copa do Brasil 2021 diretamente na terceira fase, pulando dois mata-matas. Com isso, o Real Brasília herda a vaga na primeira fase que era do Jacaré do Distrito Federal.

O Brasiliense agora repete o feito do Brasília, que em 2014 - também nos pênaltis - venceu o Paysandu na decisão. O Distrito Federal se une do Pará com dois títulos da competição, atrás somente do Mato Grosso, que tem três.

Depois de perder o jogo de ida por 2 a 1, o Remo dominou o confronto de volta. Em casa, o time devolveu o placar tendo mais posse de bola e pressionando o adversário ao longo de quase os 90 minutos. Nas penalidades, perdeu duas cobranças e deixou espacar o que seria o primeiro título da temporada 2020. Os azulinos chegaram nas três finais possíveis ao longo do último ano (estadual, Série C e Copa Verde), mas acabaram derrotado em todas.


Ge.globo.com

Deixe seu Comentário